quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

"Amor, uma cabana e dois psicoterapeutas"

Perguntas e comentários para o 800 25 33 33 e caixa de mensagens do blogue. É a partir das 19, com
Fernando Alvim e Cátia Simão.
Hoje dia 22.01.2009


Já chega de falar da crise económica; falemos, pois, para variar, das crises conjugais. Então, cá vai:

«Primeiro o encontro, a paixão, os momentos que nos fazem subir ao céu, e que nos fazem sentir os melhores e os maiores seres do mundo. Com vontade de ultrapassar tudo e todos os obstáculos, enfim vencer. Depois vem o Amor, com ele muitas vezes a união, o casamento, e com o passar do tempo, surgem os filhos, a família, e com todas elas surgem as incertezas, as angústias, as discussões, as acusações. O casal, naturalmente afasta-se, deixa de dialogar, de expressar os seus sentimentos. E continua a viver em conjunto porque simplesmente não quer pensar no que está a acontecer à relação. E é nesta altura, que inconscientemente começam a procurar noutra pessoa o que não conseguem encontrar na pessoa que amam e que vive ao seu lado. E a única solução parece ser a separação.»

Eles, Elas e o Amor (edição Verso da Kapa), «é um livro escrito por dois psicoterapeutas, um homem e uma mulher, e que tem como objectivo ajudar as pessoas a conhecerem-se a si próprias e a conhecerem os companheiros com quem partilham a vida. Os autores, como especialistas nesta área, pretendem ajudar a reajustar alguns comportamentos entre "eles e elas" de forma a tornar o casamento mais harmonioso ou ajudar o ex-casal a ultrapassar da melhor forma o seu divórcio e ainda fazer acreditar que a vida que os espera só pode ser melhor do que a que têm actualmente. Todos os capítulos têm no final casos reais de pessoas que passaram pelos seus consultórios, pretendendo os autores contribuir com conselhos que sejam úteis aos nossos leitores já que estes se podem identificar ou rever nesta ou naquela situação.»

Os nossos convidados são os dois psicoterapeutas autores deste livro, José Manuel Arrobas e Maria dos Anjos Fernandes, que, durante uma hora, vão partilhar connosco um pouco da sua experiência profissional: quais as causas mais comuns nos divórcios dos dias de hoje?; que sintomas indiciam uma bola de neve em crescimento que, mais tarde, redundará em ruptura?; há mais divórcios durante a vaga de frio, por causa das ceroulas?; poderão discordâncias acerca da programação da bimby para o arroz de pato revelar incompatibilidade de feitios?; o uso indiscriminado de pantufas ridículas em forma de animal poderá diminuir consideravelmente o desejo sexual do cônjuge?; as pessoas que coleccionam menus de restaurantes também podem ser felizes?

1 comentário:

Vida Hi-fi disse...

Além de venderem bons livros, não podem também passar a vender tempo para eu conseguir ler tudo?
Beijinhos!